Uma baleia de bico foi “resgatada esta terça-feira” na Madalena do Pico, nos Açores, “quando se encontrava na área costeira periférica à piscina municipal”.

A informação foi avançada hoje numa nota enviada às redações pela autarquia da Madalena do Pico, explicando que “o animal foi salvo, numa ação concertada que envolveu diversas entidades”.

Segundo a Câmara Municipal da Madalena, “a progenitora” da cria salva “foi encontrada já morta, nas imediações da piscina”, onde “uma equipa de técnicos do Departamento de Oceanografia e Pescas (DOP) da Universidade dos Açores e da Direção Regional dos Assuntos do Mar, se reuniu para proceder à recolha de amostras biológicas do animal, que foi removido e será posteriormente necropsiado”.

Nesta operação de resgate da baleia de bico estiveram envolvidas entidades como “a Câmara Municipal da Madalena, Bombeiros Voluntários, Comando-local da Polícia Marítima, a Delegação Marítima, o Parque Natural da Ilha do Pico”, além de “biólogos e empresas marítimo-turísticas, que num esforço conjunto conseguiram salvar o pequeno cetáceo”, explica ainda a autarquia.

Citado na nota enviada às redações, o presidente da Câmara Municipal da Madalena, José António Soares, salientou o “empenho e rapidez” de todas as entidades e intervientes envolvidos no resgate da cria de baleia de bico, o que permitiu “o salvamento deste cetáceo comum nos nossos mares”.

Lusa/Rádio Faial | Foto: CMM