Já começaram a ser distribuídas as máscaras sociais que a Câmara Municipal da Horta adquiriu por forma a fomentar a prevenção dos comportamentos do dia-a-dia da população do concelho.

A Câmara Municipal procedeu, recorde-se, à adjudicação de 16.000 máscaras sociais, reutilizáveis e laváveis, para distribuir a todos os faialenses.

As máscaras, devidamente certificadas, vão ser agora distribuídas a todos os elementos de cada agregado familiar, com a colaboração das juntas de freguesia do concelho.

As primeiras máscaras foram distribuídas na freguesia dos Cedros onde decorreu o projeto Presentes no Concelho.

Para José Leonardo Silva, Presidente da Câmara Municipal da Horta, “é importante que as nossas famílias encarem esta distribuição como uma medida que visa contribuir para a generalização do seu uso”.

A aquisição de 16.000 máscaras, através do Fundo de Emergência Social.

Até ao momento, foram detetados na região 151 casos de infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que causa a doença covid-19, verificando-se atualmente três casos positivos ativos.

No arquipélago, 130 pessoas recuperaram, 16 morreram e duas regressaram a Portugal continental.

A pandemia de covid-19 já provocou quase 487 mil mortos e infetou mais de 9,6 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.555 pessoas das 40.866 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

CMH/Rádio Faial | Foto: CMH