A Proteção Civil dos Açores registou 12 ocorrências durante a noite, uma das quais na ilha das Flores que obrigou ao realojamento de duas pessoas, no arquipélago relacionadas com o mau tempo devido à passagem da depressão Justine.

Fonte do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) disse à Lusa cerca das 07:00 (06:00 nos Açores) que um telhado de uma casa ficou danificado devido à precipitação e ventos fortes, obrigando ao realojamento por precaução de duas pessoas.

“Por precaução, procedeu-se ao realojamento de duas pessoas, uma ação que ficou a cargo do Serviço Municipal de Proteção Civil das Lajes das Flores”, referiu.

De acordo com a fonte, as 12 ocorrências registadas entre as 20:00 de quinta-feira (21:00 em Lisboa) e as 01:00 (02:00 em Lisboa) estão relacionadas sobretudo com queda de árvores, estruturas, como postes de eletricidade, placares publicitários, e pequenos danos em habitações.

Das 12 ocorrências, seis foram registadas no concelho da Praia da Vitória, na ilha Terceira, uma na Ribeira Grande, em São Miguel, duas nas Lajes das Flores, uma em São Roque do Pico e duas no concelho da Calheta, em São Jorge.

Nos locais, para apoio e resolução das diversas ocorrências têm estado bombeiros, Direção Regional das Obras Públicas e Transportes Terrestres, Serviços Municipais de Proteção Civil e Polícia de Segurança Pública (PSP), sob coordenação do SRPCBA.

De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), a depressão Justine está a afetar o arquipélago com vento forte com rajadas na ordem dos 140 km/hora nas ilhas do grupo ocidental [Flores e Corvo], 120 km/hora nas ilhas do grupo central [Terceira, Graciosa, São Jorge, Pico e Faial] e até 100 km/hora no grupo oriental [São Miguel e Santa Maria]”.

Prevê-se também “um aumento da agitação marítima com ondas de sete a nove metros de altura significativa no grupo ocidental, de seis a oito metros no grupo central e até cinco metros no grupo oriental”.

Por causa da previsão meteorológica, o IPMA colocou o arquipélago dos Açores sob aviso amarelo por causa do vento forte e agitação marítima até às 09:00 de hoje (10:00 em Lisboa).

O aviso amarelo é emitido pelo IPMA sempre que existe risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Lusa/Rádio Faial | Foto: Rádio Faial