O PSD/Faial denunciou esta segunda feira “a contínua falta de respeito do Governo Regional para com os faialenses, no que toca a investimentos estruturantes para a ilha, nomeadamente a obra da Variante à Cidade da Horta”.

A queixa foi proferida pelo presidente da Comissão Política de Ilha, Carlos Ferreira, numa conferência de imprensa que teve lugar no troço da primeira fase da Variante, “e no primeiro dia da semana em que o Governo vai visitar o Faial”, adiantou.

O social democrata afirmou que “a Variante é uma obra estruturante porque tem implicações com a Frente Mar e o reordenamento do trânsito na cidade, nomeadamente em relação à circulação de veículos pesados”.

“Assim, a segunda fase da prometida empreitada é muito necessária, pois a sua falta sente-se diariamente nas horas de mais tráfego numa importante porta de entrada e saída da cidade e na envolvente ao Hospital da Horta, além de constituir uma via central na ligação ao aeroporto”, explicou o Presidente do PSD/Faial.

Carlos Ferreira reiterou que a sua conclusão “é agora ainda mais urgente, dada a deslocalização do quartel de bombeiros para a zona industrial. É indispensável termos a Variante para que os veículos de emergência não tenham de passar pela cidade e possam garantir o rápido socorro às populações do lado norte da ilha”, afirmou.

O líder dos social democratas faialenses esclareceu que “o PSD/Faial concorda com os investimentos realizados nas outras ilhas – incluindo naturalmente os que requalificam a rede viária – mas não aceita que seja dado ao Faial um tratamento discriminatório, como acontece com a Variante, com a segunda fase da requalificação da escola básica ou com as Termas do Varadouro”.

“O que nós, faialenses, reivindicamos são obras prometidas em vários manifestos eleitorais do PS e que serviram para ganhar eleições. Pelo que deveriam, há muito, ter sido concretizadas”, acrescentou.

Para Carlos Ferreira, o Governo Regional “não quis fazer a segunda fase da Variante, encontra-se cansado e está em fim de ciclo, pelo que não faz sentido requerer agora que faça a obra”.

Assim, para além de confrontar o presidente do Governo com mais este incumprimento para com os faialenses, “vamos garantir a atribuição de prioridade ao investimento na segunda fase da Variante à cidade da Horta no programa eleitoral do PSD/Açores. Se ganharmos, a obra será feita”, concluiu.

PSD/Rádio Faial | Foto: PSD